Sobre nós

Nossa História
Nossa Missão
Inovação
Nossos serviços
Nossa História 01

Nossa História

Desde de 2005 fomentando o empreendedorismo em Goiás.

Tendo como missão criar ambientes de inovação e de empreendedorismo no Estado de Goiás, foi criada em 2005 a Rede Goiana de Incubadoras (RGI), posteriormente e acertadamente denominada REDE GOIANA DE INOVAÇÃO. A RGI resultou de um esforço conjunto da Federação da Indústria do Estado de Goiás (FIEG), Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE Goiás), Fundação de Tecnópolis de Goiás (FUNTEC) e Instituições de Ensino Superior (UNIRV, IFG, UEG) que percebiam a importância de fomentar projetos inovadores, criando empresas e estimulando a incubação de ideias inovadoras.

Nossa Missão 02

Nossa Missão

Nosso grande desafio

O desafio da REDE GOIANA DE INOVAÇÃO era de tornar-se o elo de articulação da chamada TRIPLICE HÉLICE – Estado, Empresas, Universidades, estimulando as ideias inovadoras a serem transformadas em negócios com produtos ‘novos’ e inovadores. Daí a importância do Estado, no fomento à projetos inovadores; da Universidade, no desenvolvimento da pesquisa e na geração de novos produtos; da Empresa, como expressão do mercado e viabilização de novos empreendimentos e negócios.

Inovação 03

Inovação

Estratégia, Conhecimento e Informação

A inovação era percebida como estratégica, numa época caracterizada pelo conhecimento e demarcada pela tecnologia e pela rapidez da informação, além disso tendo um mercado que se tornava global e caracterizado pela competição internacional. Assim, uma nova dinâmica de negócios, com características inovadoras e tendo a marca do empreendedorismo, tornava-se importante para Goiás, pois diversos ‘núcleos de inovação’ já se apresentavam Brasil afora.

Nossos Serviços

Benefícios de ser Associado

Representatividade

O Associado obtém representatividade (que não é possível por meio de uma atuação isolada) junto a órgãos de fomento, governo e grandes empresas e outras entidades.

Discussões e Soluções Técnicas

A RGI é a única associação que congrega as instituições de maior relevância para debates sobre o empreendedorismo e inovação. Lá são tratadas questões fundamentais para o futuro dos ambientes de inovação e para o dia a dia dos Associados (como modelos de gestão, formas jurídicas, instruções e regulamentos).

Network

Ao estar na RGI, o Associado tem a oportunidade de ampliar seus contatos com diversos profissionais do setor, ajudando diretamente na identificação de interesses mútuos, na busca por soluções.

Aprimoramento Profissional

A RGI oferece uma grade de cursos e treinamentos próprios e de parceiros, destinados à formação educacional e ao aprimoramento contínuo dos gestores e empresas vinculadas aos ambientes de inovação.

Infraestrutura

A RGI disponibiliza um espaço de uso compartilhado com mesa de reunião e acesso à internet, mediante agendamentos, atendimento e apoio de secretaria quando nossos sócios estiverem em Goiânia.

Captação de recursos

Identificação de linhas de financiamento e fomento e orientação para elaboração e encaminhamento de projetos para captação de recursos junto as agências de fomento.

anaPaula
Mestranda no Programa de Pós Graduação em Propriedade Intelectual Transferência de Tecnologia para a Inovação - PROFNIT pela UnB; MBA em Gerência de Projetos pela UniEVANGÉLICA (2012); Especialista em Direito Público pela Universidade Potiguar (2007). Graduada em Direito pelo Centro Universitário de Anápolis (2004). Experiência em gestão de projetos de desenvolvimento tecnológico, gerenciamento de projetos FINEP, coordenadora executora de projetos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG), Fundação de Desenvolvimento de Tecnópolis (FUNTEC), SEBRAE NACIONAL e GO. Vice-presidente da Rede Goiana de Inovação. Comitê organizador da Conferência 2018 da Anprotec. Coordenadora do Programa de Incubação de Empresas e Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia da UniEVANGÉLICA (UniINCUBADORA e UniCIETEC).
Emília Rosângela
Mestranda em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Goiás(UFG); Especialista em Gestão do Agronegócio (2007); Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Salgado de Oliveira (2000). É Gerente do Centro de Empreendedorismo e Incubação da - CEI (2004-atual); Presidente da Rede Goiana de Inovação (2017-atual); Diretora de Administração e Finanças da Anprotec (2018-atual); Autora do Manual: Incubação de Empresas: Conceitos, Metodologias e Práticas. Foi Diretora de Ciência e Tecnologia da Prefeitura Municipal de Aparecida de Goiânia (2013-2015); Membro do Conselho Curador da FUNTEC (2013 - 2016); Membro do Conselho Temático de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Federação da Indústria do Estado de Goiás - CDTI/FIEG (2006 - 2015); Bolsista do CNPQ no projeto Convênio nº 1552/05 PROJETOS ESTRUTURANTES DOS SISTEMAS ESTADUAIS DE C,T&I - Estruturação e Ampliação do Sistema de C&T de Goiás (2006 - 2008); Extencionista do Programa Extensão Industrial Exportadora-PEIEX da Agência de Promoção da Exportação ApexBrasil vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC (2009 - 2010); Secretária Financeira da Rede Goiana de Inovação (2005 - 2007). Tem experiência na área de Planejamento, implantação e gestão de Incubadoras de Empresas; Elaboração e gestão de projetos de inovação; Treinamentos em temas: Empreendedorismo, Inovação, Gestão de Incubadoras de Empresas, Plano de Negócios, Elaboração de projetos para Captação de Recursos, Linhas de Financiamento e Fomento à Inovação.
carelos_itumbiara
Biólogo com experiência em docência na área biológica e agrária atuando principalmente na área de Fisiologia Vegetal e Bioquímica. Pesquisador e Consultor na área de bioenergia e produção de biomassas. Atualmente atua como Coordenador da Agência de Inovação e Transferência Tecnológica (AITT) do ILES/ULBRA e Coordenador da Incubadora Tecnológica e Parque Tecnológico da rede ULBRATECH na unidade de Itumbiara-GO. Trabalha na disseminação da pesquisa e inovação por meio de palestras e organização de eventos científicos e tecnológicos. Atualmente é representante do ULBRATECH Itumbiara na Rede Goiana de Inovação (RGI), onde atua também como Diretor Administrativo e Financeiro. Titulado Magister Science em Fisiologia Vegetal pela Universidade Federal de Viçosa e Doutorando em Ciência e Tecnologia de Biocombustíveis pelas Universidades Federal de Uberlândia e do Vale do Jequitinhonha e Mucuri, com tese enfatizada na área de tecnologia do uso de resíduos para produção de bioenergia.